logo

Grupo de Gestantes

Grupo de Gestantes Meimei

Slider

Histórico

O Grupo de Gestantes Meimei surgiu da iniciativa de algumas mulheres que sentiram a necessidade de atendimento às gestantes carentes.

Tudo começou em fevereiro de 1998, quando exercendo atividades nas dependências do Centro Espírita Nosso Lar, foram procuradas por uma gestante que pedia ajuda. Esta gestante não tinha uma peça de enxoval e nem condições financeiras para sustentar o bebê. Estava disposta a dar a criança para adoção.

As trabalhadoras sensibilizadas com a situação da gestante resolveram ajudá-la. Providenciaram o enxoval do bebê, alimento e apoio psicológico, para que a grávida levasse até o fim a gestação. Recebeu incentivo e apoio para criar e educar seu filho. A partir deste fato, as mulheres uniram-se e fundaram o Grupo de Gestantes Meimei para atender mulheres grávidas carentes.

No dia 8 de abril de 1998, o grupo iniciou seus trabalhos com a primeira aula, das 14h30min às 16h, no mine-auditório do Centro Espírita Nosso Lar, atendendo em média 15 gestantes, com oito mulheres voluntárias para realizar o curso e preparar o enxoval.

No mês de agosto do mesmo ano o Grupo transferiu suas atividades para as dependências do Centro Espírita Meimei (Rua Iapó 130 – Vila Nova – Londrina PR) e após a criação da OLVE, para suas dependências.

O Grupo realiza dois cursos por ano, sempre às quartas feiras, com 16 aulas, ministradas no período das 14h às 17h, frequentando em média 30 gestantes por curso e 16 trabalhadoras voluntárias.


Objetivos:
- Proporcionar orientação e conhecimento sobre a saúde e higiene às gestantes carentes, e em situação de risco;
- Orientação ao aleitamento materno, diminuindo, assim, o número de casos de doenças e desnutrição entre os recém-nascidos;
- Conscientização sobre a importância do pré-natal;
- Orientação sobre nutrição e reaproveitamento de alimentos;
- Orientar e acompanhar gestantes com diabetes, pressão alta e desnutrição;
- Orientação sobre o Parto, preparando-a para o parto normal, com exercícios de fisioterapia;
- Conscientização sobre as vacinas para o bebê;
- Orientação sobre os cuidados com o recém-nascido;
- Orientação sobre o planejamento familiar;
- Orientação sobre DSTS (Doenças sexualmente transmissíveis) e AIDS;
- Orientação sobre drogas;
- Atendimento psicológico;
- Doar enxoval.

Descrição do Trabalho

Divulgação da data de inscrição do curso nos postos de saúde da periferia da cidade, através dos agentes comunitários da prefeitura, assistentes sociais dos bairros, e por outras gestantes que já fizeram o curso.

São reservadas duas semanas para inscrições (sempre às quartas feiras à tarde). As gestantes devem comparecer pessoalmente, munidas do cartão de gestante fornecido pelo posto de saúde onde está realizando o pré-natal (a inscrição só é realizada mediante apresentação do cartão).

As gestantes passam por uma entrevista individual. As informações da entrevista são anotadas juntamente com as informações do cartão da gestante.

Na entrevista são esclarecidas as dúvidas e fornecido um panfleto contendo todas as informações sobre o curso.

Também são fornecidas informações sobre o programa das aulas referente do curso.

Antes do início de cada aula são reservados 30 minutos para a realização de uma prece e comentários sobre assuntos de questões sociais.

Para as gestantes que sentirem necessidade, é realizado atendimento psicológico individual por um profissional da área que atende gratuitamente nas dependências da instituição durante os horários das aulas. São atendidas em média seis gestantes por semana.

Após isso elas têm 40 minutos de orientação sobre nutrição ou fisioterapia.

Nas orientações sobre nutrição as gestantes recebem informações sobre a alimentação adequada para a gestação (de acordo com suas possibilidades econômicas). Degustam receitas preparadas pelas nutricionistas, utilizando o reaproveitamento de alimentos e aprendem a prepará-las. Aprendem noções de higiene no preparo dos alimentos. É realizada a pesagem de cada uma das gestantes, onde é feito um gráfico do desenvolvimento (ganho ou perda de peso) de cada gestante. Desta forma quem está com desnutrição, quadro de anemia ou apresentando diabete gestacional.

Nas orientações de fisioterapia é realizada prática de alongamento sobre colchonetes e exercícios de preparo do corpo para o parto, ensinada também a respiração correta para o trabalho de parto normal e aferida semanalmente a pressão arterial de cada gestante, antes das atividades de fisioterapia. As que estiverem com alteração da pressão arterial, recebem orientação para procurar tratamento com seu médico.

Após esta primeira parte da aula é concedido um intervalo com lanche para todas. O lanche é constituído de leite, pão, bolo, frutas, iogurte, gelatina, etc. (alternando o cardápio de acordo com instruções nutricionais).

Inicia-se em seguida a segunda parte da aula, com duração de 45 min, ministrada pela equipe de enfermagem, sobre assuntos diversos.

Nas aulas dadas pela equipe de enfermagem são utilizados recursos para melhor aprendizado como: Televisão e DVD com documentários sobre o assunto; cartazes; material de apoio fornecido pela faculdade e posto de saúde.

Na terceira parte da aula é realizado um relaxamento orientado, com música ambiente. A gestante sente os movimentos do bebê que está em seu ventre, proporcionando para a mãe e o bebê, momentos únicos e relaxantes.

Ao término das atividades do dia todas se despedem. Elas recebem vales transporte, para irem para suas casas e voltarem na próxima semana.

Quando o grupo recebe doações de roupas e calçados usados e também de leite e alimentos. E são repassadas para as gestantes antes de retornarem a seus lares.


Equipe de Voluntários Responsáveis Pelos Trabalhos do Curso:
- Coordenadora;
- Secretária;
- Tesoureiro;
- Organizadora das palestras;
- Recepcionistas;
- Entrevistadoras;
- Encarregadas do Lanche;
- Artesãs responsáveis pela confecção do enxoval;
- Encarregada da aquisição e controle do estoque do enxoval;
- Encarregadas da limpeza;
- Encarregadas de separar roupas para doação;
- Profissional da área de psicologia;
- Professores e alunos da faculdade Unifil da área de nutrição, fisioterapia, enfermagem (Estes alunos preparam aulas, que são reconhecidas como estágio por seus professores e Reitor da faculdade), mantemos assim uma parceria de trabalho;
- Enfermeiras do Hospital Universitário, Banco de Leite e postos de Saúde;
- Médicos cooperados da Unimed Londrina, que ministram palestras sobre assuntos relacionados a gestação e recém-nascido.